Como manter a alimentação saudável com a correria do dia a dia?

Tempo de leitura: 2 minutos

Por mais corrida que seja a rotina, é preciso priorizar a saúde e é a alimentação saudável, rica em nutrientes e minerais que não estão presentes nos alimentos industrializados e ultra processados, que proporcionará energia e disposição para enfrentar o dia a dia. Inclusive, além dos benefícios para a saúde, a alimentação saudável pode proporcionar melhor rendimento no trabalho e as atividades de estudo.

De acordo com a docente do curso de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos do Senac Lajeado, Cássia Paloma Geib, é possível, sim, manter uma alimentação saudável, entretanto, deve haver um planejamento e prioridade para o consumo de alimentos saudáveis. “Saudáveis não são apenas frutas e verduras, mas também os alimentos in naturas, que são aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais sem que tenham sofrido qualquer alteração e os minimamente processáveis de origem animal e vegetal. Para isso, é preciso fazer escolhas corretas e dedicar alguns minutos do seu dia para programar as refeições”, ressalta.

A docente elencou as principais dicas para um bom planejamento alimentar. Confira:

– Organize um dia da semana para ir ao supermercado.

– Priorize a compra de alimentos saudáveis e práticos como iogurte e frutas secas.

– Evite alimentos industrializados.

– Assim que chegar do mercado ou da feira, higienize as verduras e legumes. Deixe-os cortados e acondicionados em um pote plástico e armazene na geladeira. Isso agiliza na hora de montar a refeição.

– Nunca saia de casa pela manhã sem comer alguma coisa. Levante um pouco mais cedo e tome um café da manhã. Isso evita que você recorra para alimentos industrializados.

– Prepare um lanche para o dia seguinte antes de ir dormir, evitando perder tempo no outro dia pela manhã.

– O consumo de água também é muito importante. É comum, muitas vezes, esquecermos de ingerir água. Para quem tem o hábito de consumir pouco, tenha sempre em mãos uma garrafinha cheia com água.

A principal dica, segundo Cássia, é se planejar e evitar comprar alimentos prontos, pois quando a fome “bater”, a pessoa se obrigará a preparar a refeição. “Claro que tem a questão do valor. Alguns dos alimentos in natura são mais caros, têm vida útil menor e não saciam tanto quanto alguns alimentos prontos, mas você pode preparar um bolo de maçã ou de banana com açúcar mascavo, que é prático, uma boa opção de lanche e terá este alimento pronto para consumo por alguns dias”, destaca.

Os minerais e as vitaminas que estão presentes nos alimentos saudáveis são responsáveis pela manutenção e disposição do nosso organismo e auxiliam na imunidade. De acordo com a docente, quando uma pessoa dá preferência para alimentos industrializados, congelados e ultra processados, com o tempo, ela se sentirá indisposta, com baixa imunidade, mau-humor, sem contar as diversas patologias que podem surgir, como diabetes, colesterol, triglicerídeos, hipertensão, obesidade etc. Por isso é tão importante cuidar da alimentação, mesmo com a rotina repleta de atividades.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!