Dicas para se dar bem na entrevista de emprego

Tempo de leitura: 4 minutos

A quarentena desacelerou o mercado econômico e muita gente perdeu o emprego. Mas  se você conseguiu a oportunidade de fazer uma entrevista de trabalho, em plena pandemia, essa chance é imperdível, não é mesmo? Por isso, separamos as melhores dicas para uma entrevista de emprego, preparadas pelos professores do Senac-RS que constantemente auxiliam seus alunos na qualificação profissional e recolocação no mercado de trabalho.

Vale destacar que, ao disputar uma vaga, muitas vezes o profissional que se expressa melhor sai na frente, apenas por conseguir passar suas ideias com mais clareza e objetividade. “A comunicação, na maioria das vezes trata-se de um elemento observado pelas empresas no momento de uma contratação, além disso a capacidade de desenvolver bons relacionamentos interpessoais. Profissionais que sabem se expressar bem e que são comunicativos possuem a habilidade de empatia e persuasão, além de facilidade de se relacionar com qualquer pessoa. Trata-se de uma pessoa que irá se adaptar melhor ao ambiente de trabalho”, explica a docente do Senac Tramandaí  Alessandra Thoms Santos. 

Por isso, comunicação é o primeiro ponto

Seja comunicativo na entrevista.

Durante todo o processo a comunicação deve ser objetiva, pois assim as informações transmitidas ficarão mais claras. No entanto objetividade não significa responder só “sim” ou “não”, mas responder sobre o tema que está sendo abordado. Você pode ser criativo e espontâneo. Mas não utilize frases decoradas e estude previamente sobre a empresa, para saber o que está falando e assim facilmente desenvolver uma conversa sobre assuntos perguntados. 

A comunicação também ocorre por meio do corpo. Por isso é primordial saber utilizar a linguagem corporal para se comunicar. Ou seja, os gestos não devem ser agressivos, e a fisionomia deve estar de acordo com o assunto abordado. 

Cuidado: tentar impressionar demais pode ser perigoso

É comum que os candidatos utilizem diferentes ferramentas para impressionar os entrevistadores, porém contar vantagem e se vangloriar constantemente é um erro básico no momento da seleção. Isso porque a empresa busca pessoas honestas e que, ao mesmo tempo, conheçam seus pontos fortes e fracos e estejam dispostas a potencializar suas características positivas e superar os traços negativos de personalidade ou de comportamento.

Autoconhecimento, cautela com as críticas e com a postura

Não saber responder aquela pergunta de sempre “diga-me um defeito e uma qualidade sua” também é um erro cometido pelos candidatos. Falar mal dos empregos anteriores, chegar atrasado, não estar vestido adequadamente com o ambiente profissional entram na lista dos erros comuns, mas aquele que mais se destaca é decorar respostas padrão para as perguntas do entrevistador. 

O que seria uma resposta padrão? Entre elas, quando perguntam o seu defeito, é responder “sou muito perfeccionista, esse é meu defeito”. O candidato vira “clichê” e corre o risco de perder a vaga por não ser “ele mesmo”.

Não tem experiência na área? Destaque sua experiência de vida e sua vontade de aprender

As empresas buscam candidatos que tenham, acima de tudo, vontade de aprender e de estar naquela organização. A experiência já não é o fator mais importante na contratação de um candidato em muitos lugares. 

O que conta são os traços de comportamento e de personalidade, que são analisados por meio das dinâmicas em grupo e das atividades individuais. Sendo assim, deixe claro o quanto o emprego é importante para você e como está disposto a crescer na empresa e contribuir com ela, pois isso pode valorizar o seu “passe”. Falar a verdade é fundamental e conhecer a empresa que oferece a vaga também, então busque a valorização por meio do seu conteúdo para superar a falta de experiência.

Lembre-se: comportamento é fundamental

Proatividade é a palavra-chave. O mercado quer pessoas com espírito de liderança, que tomem a frente nas ações e situações. Empatia e respeito com os colegas, ética profissional, autoconhecimento e saber trabalhar em equipe podem tornar um candidato exatamente a pessoa que a empresa procurava, e se você conseguir transmitir isso em uma entrevista de emprego já sairá na frente. 

Por fim, o que é essencial no currículo e o que é dispensável

Currículo.

Essencial: informações verdadeiras e sucintas, que de fato contribuam para o processo seletivo da empresa, ou seja, que tenham a ver com o cargo que está buscando, como cursos que realizou e que podem auxiliar na escolha do candidato, experiências profissionais e formação ou escolaridade.

Dispensável: erros gramaticais e excesso de informações desnecessárias e pessoais (isso será analisado na entrevista) não são bem vistos. Em algumas cidades e empresas as fotos são desnecessárias em currículos, pois subentende-se que o candidato deve ser pré-selecionado por suas competências e não sua aparência. Já em cidades menores, interioranas e empresas tradicionais, a foto é fundamental. É importante que o candidato conheça o meio em que está inserido para montar o currículo de acordo com a empresa e a vaga.

E para você se preparar, destacamos as perguntas mais comuns abordadas em uma entrevista de emprego:

– Conte-me das suas últimas experiências.

– Por que você saiu do seu último emprego?

– O que você considera como seus maiores defeitos ou pontos de melhoria?

– Quais são as suas maiores qualidades?

– Por que você se interessou pela vaga ou por que você quer trabalhar nessa empresa?

– Quais são os seus objetivos profissionais?

– Onde você quer estar daqui há 5 anos?

– Conte-me a respeito de um projeto que tenha feito parte ou de um trabalho em que você fez a diferença.

Para todas elas, valem as regras:

– Não minta;

– Não deprecie as empresas anteriores;

– Não fale mal dos seus  ex-colegas de trabalho;

– Quando falar dos seus defeitos, trate como pontos de melhoria e destaque o quanto você está evoluindo profissionalmente; 

– Já tenha em mente suas maiores qualidades – saber de si demonstra autoconhecimento e passa segurança ao entrevistador. 

Veja também:

Dicas para se recolocar no mercado de trabalho

Aprenda a fazer um currículo perfeito e conquiste sua vaga

Quer receber mais informações do blog? Deixe seu contato!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *