Planeje suas finanças para 2021

Tempo de leitura: 2 minutos

Autora: Camila Matheus Camejo

Especialista em Marketing e docente na área de gestão no Senac Carazinho

Ao analisar o ano que está finalizando concluímos que foi repleto de desafios para muitas famílias, diante do momento que vivenciamos. Diversos lares brasileiros perderam seus empregos, reduziram suas jornadas de trabalho e, consequentemente, seus salários, sendo assim impactados. Uma parte deles passou por um sufoco financeiro grandioso e inesperado.  Porém, um novo ano se aproxima e fica a pergunta: como iniciar 2021 mais tranquilo e diferente diante dos reflexos de 2020?  Elaborei algumas dicas para que você planeje suas finanças para 2021 e, assim, começar o ano novo com mais tranquilidade e esperança:

1) Reflita sobre seu objetivo e suas metas

Seja realista e fiel aos seus sonhos e objetivos. Determine um prazo para realização, pois assim aumentará seu foco para concretização. Faça perguntas e reflita: Quais são as metas para 2021? Quais foram os erros financeiros cometidos em 2020? O que foi aprendido com os erros no ano que passou? Os objetivos para o próximo ano são reais e alcançáveis? 

2) Viva a realidade que sua renda permite

Não adianta estabelecer um objetivo que você sabe que não vai alcançar. Não realize gastos desnecessários, pergunte-se o que você e sua família podem reduzir. O que pode ser deixado de consumir. O que realmente é necessário. A família toda necessita estar envolvida nesse processo de planejamento de gastos, para que todos possam colaborar  e ajudar uns aos outros na realização dos objetivos.

3) Anote tudo

O uso de planilhas de controle de gastos é essencial, independentemente se é um caderno, um app ou uma agenda. O que realmente importa é que você anote o valor que entra por mês, gastos fixos e demais contas. Ao registrar todos os gastos você consegue visualizar onde está indo seu dinheiro e, a partir dessas anotações, você verá o que é desnecessário e assim controlar seu orçamento e economizar parte de seu salário. A planilha de controle de gastos deve se tornar um hábito de registro e, assim, você pode refletir duas vezes antes de realizar qualquer gasto desnecessário.

4) Estabeleça prioridades

Não fuja de seu orçamento. Estabeleça o que realmente é prioridade conforme o que planejou. Não adianta planejar e não priorizar. Seja fiel ao seu objetivo.

5) Guarde uma quantia mensal

Você pode começar com um valor mínimo mensal para guardar com o objetivo de criar o hábito de guardar parte de seu dinheiro. Com o passar do tempo, você conseguirá economizar valores maiores e assim terá uma reserva de dinheiro para uso em futuros investimentos, situações inesperadas ou ainda curtir bons momentos de lazer com sua família com muita tranquilidade.

Guardar dinheiro - planejamento financeiro

6) Reveja o planejamento

Sempre revise com frequência sua planilha e seus objetivos. Faça mudanças ou alterações quando achar necessário, mas nunca perca o foco do seu objetivo e onde quer chegar.

A organização é a chave para iniciar um ano mais tranquilo. Sabendo gastar com sabedoria, você vivenciará um 2021 diferente de todos os outros anos. Mas você precisa começar agora, não espere mais.

Veja também:

Como o Pix impactará na sua vida e no seu negócio?

Como organizar as finanças pessoais em tempos de coronavírus?

Quer receber mais informações do blog? Deixe seu contato!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!