Saiba tudo sobre o curso de Cabeleireiro e como se dar bem nesse mercado

Tempo de leitura: 5 minutos

Quem pensa que a profissão de Cabeleireiro resume-se a corte e coloração está muito enganado! Um profissional qualificado tem que entender de corte, coloração, moda, atendimento ao cliente, higienização, composição química, visagismo e muito mais! E se você está pensando em ingressar nesse mercado, é fundamental ter uma formação completa, que atenda a todas as exigências dos clientes cada vez mais ligados nas tendências – especialmente com as redes sociais. Por isso, neste post, a gente conta tudo sobre o curso de Cabeleireiro do Senac:

Curso de Cabeleireiro e curso de Cabeleireiro Intensivo: qual a diferença?

O Senac-RS atualmente oferta o Curso de Cabeleireiro e o Curso de Cabeleireiro Intensivo. O curso de Cabeleireiro é composto por 400 horas, enquanto a formação em Cabeleireiro Intensivo é de 270 horas.  O curso ideal vai depender muito do seu objetivo e disposição de tempo, principalmente. A formação de maior duração desenvolve mais técnicas em sala de aula, enquanto o curso intensivo é para quem busca um curso de menor duração e quer uma inserção mais rápida no mercado. 

Em termos de currículo, a formação de 400 horas é composta por 5 unidades curriculares, sendo elas: 

1. Organizar o ambiente e os processos de trabalho do cabeleireiro (48 horas)

2. Higienizar e modelar os cabelos (72 horas)

3. Hidratar e reconstruir os fios de cabelo (60 horas)

4. Cortar cabelos (96 horas)

5. Alterar a estrutura e a coloração dos fios de cabelo (84 horas).

Já o curso de Cabeleireiro Intensivo é composto por 3 unidades curriculares: 

1. Aplicar técnicas de higienização, tratamento e modelagem de cabelos (72 horas).

2. Aplicar técnicas de cortes e penteados de cabelos (94 horas).

3. Aplicar técnicas de mechas e coloração dos fios de cabelo (84 horas).

Vale destacar que não é por ser de menor duração que o curso Intensivo deixa pontos importantes de fora. Pelo contrário: a formação aborda questões importantes como  visagismo aplicado a cortes de cabelos e penteados (estrutura da cabeça, geometria do rosto, cor de pele, formato dos olhos, boca, nariz e sobrancelhas), avaliação da estrutura capilar e do couro cabeludo, estrutura e características do cabelo para a realização de procedimentos químicos capilares, colorimetria, geometria e bases de corte, além de muitas outras técnicas.  

Agora que você já pode decidir qual dos cursos fazer, vamos falar sobre o mercado da Beleza?

De fato, o mercado da Beleza foi um dos mais impactados pela pandemia. Mas ainda é um segmento que só cresce. Aliás, o Brasil é o quarto maior mercado do mundo de Beleza segundo a Euromonitor International, perdendo apenas para Estados Unidos, China e Japão. Além da possibilidade de trabalhar em um estabelecimento de Beleza de terceiros, o curso atrai muitos alunos que querem abrir seu próprio negócio ou realizar atendimento na casa dos clientes. Aliás, com as redes sociais, especialmente o Instagram, diversos profissionais conseguem fazer a divulgação de seus trabalhos por lá, atuando de forma independente.

Para ajudar quem ainda pensa em ingressar na área a se dar bem nesse mercado, a docente do curso de Cabeleireiro do Senac Camaquã Aline Ulguim preparou várias dicas. Vamos conferir? 

Docente do Senac Camaquã Aline Ulguim dá as dicas.

1. A moda está sempre mudando

Assim como as técnicas, os equipamentos e penteados. Estar ligado nessas mudanças é muito importante para o profissional manter-se atualizado e levar aos clientes as novidades. Os clientes amam receber essas dicas dos cabeleireiros. Especialmente em tempos de disseminação de informação pelas redes sociais, é fundamental exercer esse papel de consultor .

2. Praticar e praticar

As técnicas de cortes, mechas e penteados precisam ser bastante praticadas, para se obter um bom resultado. Dedicação é tudo para se tornar um cabeleireiro renomado.

 3. Certifique-se de estar preparada (o) para assumir esse compromisso

Na maioria dos salões as horas são muito longas. Ainda assim, o cliente deve sempre se dar um atendimento de excelência ao cliente.

4. Comunicação com o cliente é a chave para a fidelização

O cabeleireiro deve escutar cuidadosamente o que o cliente quer e o que ele precisa. Além disso, precisa esclarecer caso o cliente venha com uma referência que não seja possível fazer da mesma forma e, acima de tudo, respeitar o desejo do cliente. 

5. Divulgue sua imagem e faça marketing pessoal

Além de fidelizar os clientes, o profissional precisa atrair novos clientes. As redes sociais são aliadas para isso. Então partiu aproveitar essa ferramenta para alcançar novos clientes? Registre seus trabalhos e peça autorização dos clientes antes de postar. Aliás, muitos deles têm o hábito de compartilhar a postagem do novo visual, o que gera ainda mais engajamento. 

 6. Eduque seus clientes sobre os produtos

O cabeleireiro pode te ajudar a encontrar produtos específicos para seu tipo de cabelo e ainda incrementar aquele look que o profissional criou exclusivamente para você.

7. Cuide do seu look

O Cabeleireiro atua na área da Beleza, então deve cuidar sempre do seu look. Cabelos, maquiagem, unhas e roupas devem estar sempre impecáveis.

8. Tenha uma atitude positiva

A coisa mais importante que o cabeleireiro deve vestir no salão é um sorriso. Seja amigável, enérgico, prestativo, tenha empatia. O cliente deve ficar ansioso para sentar na sua cadeira.

9. Seja um expert

O Cabeleireiro deve  conhecer todas as técnicas, estar sempre conectado às novas tendências no que diz respeito a sua área  de atuação. Saber como cortar, fazer tratamentos, mechas, colorações e alisamentos em todos tipos de textura de cabelo, para melhor atender todo tipo de cliente.

10. Nunca pare de estudar

Complementando um pouco o item 1, procure sempre fazer cursos. Manter-se atualizado sobre as últimas tendências e técnicas é indispensável para o cabeleireiro. Os clientes adoram novos estilos e o cabeleireiro deve estar muito bem preparado para atender seu cliente, falando sobre novidades e tendências atuais.

Resumo: 

Ser cabeleireiro é muito mais que somente lavar, cortar, escovar. O cabeleireiro dos dias atuais, precisa praticar muito, estar sempre atualizado, atender com excelência, saber fidelizar o seu cliente, desejar sempre fazer e ser o melhor no que faz. Afinal de contas, o que atrai o cliente para seu salão não é o seu preço e sim o seu valor, e o valor sempre será o diferencial.

Quer saber mais sobre os curso de Cabeleireiro do Senac-RS? Então clique aqui!

Veja também:

Guia completo: cuidados com a pele e cabelos em casa

Vamos planejar a carreira para 2021?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!