Motivos para fazer o curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue

Tempo de leitura: 5 minutos

Você já deve ter visto inúmeras pesquisas que mostram o quanto a área de Tecnologia emprega cada vez mais e tende a crescer a cada ano. Ao mesmo tempo, deve ter ouvido falar que há falta de profissionais qualificados para atuar nesse mercado em expansão. Sim, tudo isso é verdade. Mas se esses motivos ainda não lhe convenceram a fazer um curso na área de Tecnologia da Informação, veja mais razões para fazer o Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue. Os docentes do curso Andressa Dellay Agra, do Senac Tech, e Marros Silva Saldanha, do Senac São Leopoldo, é quem dão os detalhes da formação e de como ela é vista pelo mercado.  

Como já dito, pesquisas mostram que…

Um estudo da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) mostra que, até 2024, a demanda por profissionais de tecnologia será de 70 mil por ano, enquanto o número de formados chegará a 46 mil. Como se percebe, há grandes oportunidades no mercado de trabalho. “A pandemia apenas aumentou a necessidade de profissionais da área de desenvolvimento de softwares, suporte técnico e outros segmentos. Há muita demanda e pouca mão de obra qualificada. Tenho alunos que nem finalizaram o primeiro módulo do curso já estão empregados em sua área”, relata Andressa.

O curso é bilíngue, mas você não precisa saber inglês previamente

O fato de o curso ser bilíngue preocupa muitos interessados na formação que têm dúvidas se é necessário dominar o inglês para acompanhar as aulas. Dont’t worry! Durante o Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue, os alunos têm aulas de inglês voltadas para a área de Tecnologia. As aulas do outro idioma são ministradas de acordo com o andamento do conteúdo técnico e, dessa forma, são trabalhadas a fala, escrita e leitura. O docente Marros destaca: “O curso é para que o aluno também possa atuar em empresas multinacionais. E vale lembrar que, mesmo nas empresas nacionais, as ofertas de emprego na TI estão cada vez mais exigindo conversação em inglês”. 

Você também não precisa dominar a lógica de programação

Esse é outro receio de muitas pessoas quando procuram por um Técnico na área de Desenvolvimento: já preciso saber programar? A resposta é não, você não precisa ter conhecimentos prévios da área. Os docentes Andressa e Marros explicam que o curso ensina o passo a passo da programação, utilizando metodologias ativas em que o aluno aprende com auxílio de jogos e atividades que estimulam seu engajamento e animação pela aprendizagem em aula. “Além disso, trabalhamos com linguagens de criação de sistemas que são utilizadas no mercado de trabalho atual”, destaca Marros.  

Gosta de desafios? Esse é o curso certo para a sua carreira!

Eliminadas as dúvidas sobre o inglês e a lógica de programação, vamos ver então as características indicadas para quem tem interesse no curso. É importante gostar de desafios. Diariamente são dados desafios nas aulas, instigando o aluno à tomada de decisão de solução de problemas. Além disso, são trabalhadas as soft skills como empatia, boa comunicação, proatividade, dentre outras que são exigidas pelo mercado para formação profissional.  

Desenvolvimento de  Sistemas Senac-RS

Um curso, diversas possibilidades de atuação

Os docentes Andressa e Marros explicam que, com o Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, há possibilidade de atuação na área de banco de dados, como Assistente de Administração de Banco de Dados – certificado dado ao aluno assim que ele finaliza o módulo correspondente ao conteúdo – e na área de programação, como Assistente de Desenvolvimento de Sistemas (Full Stack) – certificado dado ao aluno assim que ele finaliza o módulo correspondente ao conteúdo. O profissional Full Stack tem um conhecimento de todo ciclo de desenvolvimento de software, desde a conversação com cliente, indo para o desenvolvimento, finalização da interface, teste e versionamento. “A formação ao final do curso então lhe dará um leque de possibilidades que vai desde a atuação como tester, analista júnior, programador back end e front end, programador mobile, assistente de banco de dados, até a atuação como programador Full Stack”, explica Andressa. 

Soft Skills além das Hard Skills

Muito além da capacidade técnica, o que as empresas têm cada vez mais buscado nos profissionais são as chamadas Soft Skills. O termo em inglês refere-se às habilidades comportamentais dos profissionais. Já escutou a frase “pessoas são contratadas pelas habilidades técnicas e demitidas pelo comportamento?”. Por isso essas competências comportamentais também são trabalhadas ao longo do curso além de, é claro, as Hard Skills (competências técnicas). O professor Marros destaca que, em levantamento feito por empresas que estudam o mercado para 2021, observa-se uma forte tendência a buscar profissionais com habilidades comportamentais ou Soft Skills. Em 2021, elas se tornarão mais importantes, pois as empresas precisam de pessoas com um comportamento que as ajudem a enfrentar desafios com criatividade, ética e forte sentido de cooperação em equipe. 

Proximidade do Senac com o mercado 

O Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas Bilíngue faz parte do Programa Senac Skills que objetiva oferecer soluções em educação profissional voltadas para a área da Tecnologia da Informação. As escolas ofertantes do curso têm relacionamento com as empresas de Tecnologia da região, a fim de entender as necessidades do mercado e capacitar os alunos para os desafios dessas empresas. Alguns alunos que se inscreveram no curso, antes mesmo de terminarem o primeiro módulo de Assistente de Banco de Dados, conseguiram emprego na área de tecnologias. Se você gosta da área e de desafios, a melhor escolha é essa. 

Por isso a novidade tem o objetivo de capacitar profissionais em TI e surge para suprir uma demanda de mercado, já que o aluno aprende a desenvolver sistemas completos e com habilidade conversacional em língua inglesa.  

Bônus: informações extras sobre o curso

O curso de Habilitação Técnica de Nível Médio em Informática do Senac possui as seguintes qualificações profissionais técnicas:

1) Assistente de Administração de Banco de Dados

O Assistente de Administração de Banco de Dados é profissional que planeja, implementa, administra e presta manutenção a banco de dados, atuando em setores de infraestrutura de tecnologia da informação de empresas públicas e privadas.

Competências

– Planejar o desenvolvimento de software

– Desenvolver algoritmos

– Planejar e administrar banco de dados

– Desenvolver código orientado a objetos

– Analisar orientações técnicas

2 – Assistente de desenvolvimento de sistemas (Full Stack)

O Assistente de desenvolvimento de sistemas Full Stack é o profissional que desenvolve programas computacionais e atua em empresas de desenvolvimento de software, fábricas de componentes de software e em setores de desenvolvimento interno de programas de empresas públicas e privadas.

Competências

– Elaborar orientações técnicas

– Desenvolver e organizar interface gráfica para aplicações desktop

– Programar aplicativos computacionais com integração de banco de dados para desktop.

– Gerenciar a Configuração e versionamento de Software

– Executar testes e realizar melhorias em aplicativos computacionais Desktop

– Desenvolver e organizar interface de usuário e elementos visuais para aplicações web. (front-end.)

– Programar aplicativos computacionais com integração de banco de dados para web. (back-end)

– Publicar e testar aplicações Web

– Desenvolver e organizar interface gráfica para dispositivos móveis

– Desenvolver interface para melhor experiência do usuário.

Então, que tal partir para esse desafio em 2021 e ser um profissional de Informática bilíngue? Saiba mais clicando aqui.

Veja também:

Quer ser um profissional de tecnologia? Veja como começar

Quer receber mais informações do blog? Deixe seu contato!

Autorizo o Senac a me contatar e realizar o envio de informações.

Conheça a Política de Privacidade do Senac-RS.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *